Últimas Notícias
Agricultura
Brasil
Brasileirão
Colunistas
Copa Do Mundo
Cultura E Lazer
Economia
Eleições
Esportes
Expediente
Geral
Internacional
Maringá
Noite / Festas
Notícia Regional
Pan Rio2007
Paraná
Paranaense
Pequim 2008
Política
Saúde E Ciência
Tecnologia
Loterias
Página Principal
.:: P U B L I C I D A D E ::.
 
 
 
 
 
 
 
Brasil
01/03/2017

Depósito de cinzas, jejum e penitência: o início da Quaresma Cristã


Quarenta dias de penitência, conversão e fraternidade: assim os cristãos vivem a Quaresma, tempo de preparação para a Páscoa, que tem o início nesta Quarta-Feira de Cinzas (1º). O depósito das cinzas abre um período de orações profundas, caridade e jejum, que encerra na Quinta-Feira Santa, celebrada em 2017 no dia 14 de abril. A cinza depositada na cabeça dos fiéis durante as missas na Quarta-Feira de Cinzas é preparada pela queima da palma utilizada na procissão de Ramos no ano anterior, como símbolo de vitória e triunfo. Ao aceitar o recebimento do pó, o fiel reconhece sua condição de mortal e entra em um período de penitência e caridade em preparação para a Páscoa, comemorada neste ano em 16 de abril. A Quaresma, na realidade, dura 46 dias, mas apenas em 40 deles o fiel deve seguir a rotina de jejum, desconsiderando todos os seis domingos que existem no período entre a Quarta-Feira de Cinzas e a Páscoa. Os quarenta dias têm relação com a caminhada do povo de Deus em rumo à Terra Prometida, que durou 40 anos, e com os 40 dias de preparação da paixão, morte e ressurreição de Jesus. O jejum desta época é baseado na abstinência da carne, expressando o esforço para conversão e mudança interior, marcando a renovação espiritual e o cultivo da vida nova. Esse período acontece até a tarde da Quinta-Feira Santa, quando acontece a Missa da Ceia do Senhor e inicia o Tríduo Pascoal. O calendário dessas celebrações religiosas e do Carnaval é móvel, tendo como base a comemoração da Ressurreição de Cristo, a Páscoa, celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia do início do Outono. Campanha da Fraternidade A Quarta-Feira de Cinzas também marca a abertura da Campanha da Fraternidade (CF) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) de 2017, que traz o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”, fazendo uma reflexão sobre o meio-ambiente. A CF é uma campanha que envolve a comunidade religiosa em diversas ações pastorais, abordando o mesmo tema em todo o País. As ações acontecem por meio de cartazes, músicas, hinos e orações voltadas ao tema, sempre em favor à fraternidade e solidariedade. Apesar de iniciar junto com a preparação para a Páscoa, a Campanha da Fraternidade dura até o fim do Ano Litúrgico. Com informações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e colaboração de Louise Fiala


  ÚLTIMAS NOTÍCIAS