Últimas Notícias
Agricultura
Brasil
Brasileirão
Colunistas
Copa Do Mundo
Cultura E Lazer
Economia
Eleições
Esportes
Expediente
Geral
Internacional
Maringá
Noite / Festas
Notícia Regional
Pan Rio2007
Paraná
Paranaense
Pequim 2008
Política
Saúde E Ciência
Tecnologia
Loterias
Página Principal
.:: P U B L I C I D A D E ::.
 
 
 
 
 
 
 
Internacional
09/12/2016

Buenos Aires aprova punição por assédio sexual em espaços públicos


A Assembleia Legislativa da cidade de Buenos Aires aprovou nesta semana que o assédio sexual em espaços públicos da cidade seja punido. Segundo a nova lei, estará sujeito a multa de até 1.000 pesos (R$ 210) e até dez dias de trabalho comunitário quem for alvo de denúncia por fazer comentários sexuais e gestos obscenos, perseguir vítimas nas ruas e manter contato físico indevido, além de tirar fotos ou gravar vídeos sem consentimento. A regra entrará em vigor em 120 dias após sua promulgação. Até lá agentes públicos serão capacitados para lidar com casos de assédio. O texto é de autoria do legislador Pablo Ferreyra, da Frente para a Vitória -o mesmo partido da ex-presidente Cristina Kirchner. "Segundo uma pesquisa divulgada no começo do ano, as mulheres começam a vivenciar situações de assédio nas ruas aos nove anos de idade, e 100% das mulheres entrevistadas afirmou ter sido vítima de assédio sexual em espaços públicos", afirmou o deputado. A Argentina tem vivido uma crescente mobilização contra a violência de gênero. Em outubro, mulheres do país organizaram uma greve nacional para protestar contra o estupro e o assassinato de uma adolescente.


  ÚLTIMAS NOTÍCIAS