Últimas Notícias
Agricultura
Brasil
Brasileirão
Colunistas
Copa Do Mundo
Cultura E Lazer
Economia
Eleições
Esportes
Expediente
Geral
Internacional
Maringá
Noite / Festas
Notícia Regional
Pan Rio2007
Paraná
Paranaense
Pequim 2008
Política
Saúde E Ciência
Tecnologia
Loterias
Página Principal
.:: P U B L I C I D A D E ::.
 
 
 
 
 
 
 
Paraná
19/10/2015

Cida assume o governo e anuncia PMI para o Trem Pé Vermelho


A vice-governadora Cida Borghetti assumiu interinamente o Governo do Estado nesta segunda-feira (19) e ficará no cargo até sexta-feira (23), em função da viagem do governador Beto Richa à China, Rússia e França para a prospecção de novos negócios ao Paraná. A transmissão do cargo foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, que desde o dia 9 de outubro ocupava interinamente o Governo do Estado. Na solenidade, realizada no Palácio Iguaçu, Cida adiantou que nesta quarta-feira (21) viajará a Brasília para tratar de uma série de questões de interesse do Paraná e irá cumprir, também, agenda em cidades do interior do Paraná. "Vou continuar o trabalho da vice-governadoria, que já tinha uma agenda estabelecida, cumprir todos os trâmites internos do governo estadual e os convites endereçados ao governador Beto Richa", disse ela. "Vamos fazer um giro pelo Paraná, será uma semana intensa de trabalho", afirmou. Traiano destacou as ações desenvolvidas na última semana. "Foi um grande orgulho assumir essa responsabilidade junto ao Governo do Estado. Neste período, fui ao Sudoeste do Paraná para anunciar uma série de ações para os municípios dessa importante região paranaense", disse Traiano. TREM PÉ VERMELHO – Em seu primeiro ato como governadora em exercício, Cida Borghetti anunciou a abertura de um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para a realização de estudos e projetos visando a implantação do Trem Pé Vermelho, que ligará as regiões metropolitanas de Londrina, no Norte, e Maringá, no Noroeste do Estado. O trem de passageiros deve passar por 13 cidades das duas regiões. Cida coordena o grupo de trabalho que estuda a implantação do projeto, do qual fazem parte representantes da Casa Civil e das secretarias estaduais do Planejamento e Coordenação Geral, Infraestrutura e Logística e Desenvolvimento Urbano. PROPOSTAS - O secretário de Estado do Planejamento, Sílvio Barros, explicou que o Ministério dos Transportes destinou R$ 10 milhões para a elaboração dos projetos de implantação, manutenção e operação da linha ferroviária. "Nós optamos por abrir uma manifestação de interesse para que empresas especializadas nesta área possam apresentar suas propostas", explicou. "Estamos ouvindo as ideias de diferentes empresas para que esta linha seja moderna e eficiente. Precisamos transformar Maringá e Londrina em um eixo metropolitano e o trem é uma peça extremamente importante neste processo", ressaltou.


  ÚLTIMAS NOTÍCIAS