Últimas Notícias
Agricultura
Brasil
Brasileirão
Colunistas
Copa Do Mundo
Cultura E Lazer
Economia
Eleições
Esportes
Expediente
Geral
Internacional
Maringá
Noite / Festas
Notícia Regional
Pan Rio2007
Paraná
Paranaense
Pequim 2008
Política
Saúde E Ciência
Tecnologia
Loterias
Página Principal
.:: P U B L I C I D A D E ::.
 
 
 
 
 
 
 
Copa Do Mundo
26/05/2014

Seleção brasileira deixa o Rio em meio a protesto de professores


A seleção brasileira deixou o Rio de Janeiro em meio a uma manifestação de professores, na manhã desta segunda-feira (26). Cerca de 300 educadores das redes estadual e municipal do ensino fizeram um protesto em frente ao Linx Hotel, onde os jogadores se reuniram para iniciar a preparação para a Copa do Mundo de 2014.

O grupo chegou pouco antes das 10 horas, horário previsto para a saída do ônibus que levaria a delegação para a Granja Comary, em Teresópolis.

Em greve desde 12 de maio, a categoria chegou gritando palavras de ordem contra o Mundial no Brasil e o governo do estado do Rio. "Não vai ter Copa" e "Da Copa eu abro mão, eu quero mais dinheiro pra saúde e educação" foram os coros mais entoados, como tem sido comum nas manifestações pré-Copa.

Metade dos jogadores já havia chegado quando o protesto começou. O restante passou em duas vans no meio de um corredor formado pelos professores. Houve vaias, mas nenhum tipo de ataque aos veículos.

Na saída do ônibus para Teresópolis, batedores abriram caminho no meio da multidão. Os manifestantes chegaram a colar adesivos no veículo. Policiais do batalhão de choque ficaram posicionados a poucos metros de distância para intervir em caso de tumulto.

Depois da partida da delegação, os professores seguiram para um dos terminais de embarque do aeroporto do Galeão.

Gazeta


  ÚLTIMAS NOTÍCIAS