Últimas Notícias
Agricultura
Brasil
Brasileirão
Colunistas
Copa Do Mundo
Cultura E Lazer
Economia
Eleições
Esportes
Expediente
Geral
Internacional
Maringá
Noite / Festas
Notícia Regional
Pan Rio2007
Paraná
Paranaense
Pequim 2008
Política
Saúde E Ciência
Tecnologia
Loterias
Página Principal
.:: P U B L I C I D A D E ::.
 
 
 
 
 
 
 
Tecnologia
13/11/2008

Ações do Google caem e chegam ao menor valor desde 2005


As ações do Google caíram 6,5% nesta quarta-feira (12), ficando abaixo dos US$ 300 pela primeira vez desde o fim de 2005 --os papéis da empresa já perderam 50% do valor neste ano na bolsa eletrônica Nasdaq. Analistas afirmam que a crise financeira mundial está causando impacto no orçamento publicitário das empresas, afetando o principal negócio do Google, os links patrocinados.

O analista do Citigroup Mark Mahaney disse em relatório que os índices de crescimento da publicidade on-line devem cair no quarto trimestre deste ano para as principais empresas de comércio eletrônico, como Ebay e Amazon. A queda também será sentida no Google.

Mahaney reduziu suas estimativas para a receita líquida e o lucro do Google no quarto trimestre deste ano em 3%, prevendo receita de US$ 4,16 bilhões. Ele também reduziu a expectativa para 2009, em 5%, para um faturamento de US$ 17,46 bilhões.

O Google registrou um lucro líquido de US$ 1,346 bilhão no terceiro trimestre deste ano, um aumento de 26% em relação ao mesmo período do ano passado. Os números superaram as expectativas dos analistas, que tinham previsto que a crise econômica e a recuperação do dólar já afetariam o site de buscas.

No mês passado, o novo presidente do Google no Brasil afirmou que o mercado de internet pode sair fortalecido da crise. Ele afirma disse que o setor pode atrair verbas de outras mídias, que são mais caras.

"Podemos atrair pequenos 'budgets' [orçamentos]. Em um momento de corte de custos, podemos mostrar os benefícios de um sistema mais focado, mensurável", diz o executivo, referindo-se principalmente aos links patrocinados.

De uma certa forma, o Google já trabalha para cortar justos e enfrentar a crise financeira. Mostra disso é que a empresa tem mudado sua política sobre a alimentação dos funcionários, restringido comida grátis, entre guloseimas e refeições.



  ÚLTIMAS NOTÍCIAS